Por que estudar a genética da dislexia no Brasil?

heredograma

No curso de extensão sobre “Dislexia do desenvolvimento: dos modelos neurocognitivos à clínica” que ocorrerá na FAFICH, entre os dias 15 e 18 de dezembro, das 14 às 19 horas, vou tentar responder à pergunta sobre as razões pelas quais a genética da dislexia é importante, inclusive no Brasil, um país marcado pela desigualdade social e má qualidade da educação. Para mais informações sobre o curso e inscrições, clique aqui. Continuar lendo

Contribuição da neuroimagem funcional para o estudo da dislexia

barquero-davis-cutting

O curso de extensão “Dislexia do desenvolvimento: dos modelos neurocognitivos à clínica” ocorrerá na FAFICH-UFMG, entre os dias 15 e 18 de dezembro, das 14 às 19 horas. Para inscrever-se, clique aqui. Um dos temas que serão discutidos no curso é a contribuição da neuroimagem funcional, principalmente da ressonância nuclear magnética funcional (fMRI) para o estudo da dislexia. Continuar lendo

Teoria simples da leitura

teoria simples da leitura

Minha boa tia, Lurdes Magali Frizzo, curtiu o meu post sobre “Como o cérebro aprende a ler as palavras?” e me perguntou sobre como é que fica a interpretação. A interpretação vem depois. A leitura de palavras já é suficientemente complexa para as criancinhas. A compreensão de leitura é mais complicada. Continuar lendo